Código: A Máquina de Costura de Mi Lan

Década de 1990 / 128' / China / Em mandarim legendado em chinês e inglês / Para público adolescente / Cor

O reembolso ou troca de bilhetes não serão possíveis. Devido à natureza das sessões surpresa, os títulos dos filmes não serão anunciados. Por favor, use códigos ao comprar bilhetes.

R para Romance

A Máquina de Costura de Mi Lan

Autor: Gelo Antigo

Já ouviram falar de uma máquina de costura que canta?

Mi Lan é minha vizinha. Vive só. O matraquear da sua máquina de costura Singer é vagamente audível no meu apartamento. Ponho a orelha à parede, tentando distinguir os sons da cabeça de costura, da correia e do pedal. A minha imaginação começa pelos seus tornozelos criando uma forma em V juntos sobre o pedal, com as suas pernas pálidas e macias, a mão fina manejado habilmente a polia e os punhos avançando e recuando entre a máquina, os tecidos e as linhas com graciosidade.

Na comunidade, as pessoas falam de Mi Lan. Ela tem trinta e poucos. Estudou no estrangeiro e uma vez participou num concurso de canções na televisão na cidade ao lado da nossa. Depois, tornou-se professora de inglês no liceu. Por causa do concurso, há anos que dela se fala como cantora. A sua identidade de cantora-professora tem deixado muitos adolescentes obcecados. Há quem diga que o seu nome ocidental vem de uma relação com um amante italiano.

Durante as férias de verão, em Julho e Agosto, Mi Lan esteve em casa quase todos os dias. Pelas três da tarde, punha-se pontualmente à maquina de costura. Tut tut tut tut tut… …o irritante matraquear foi mudando de tom até se tornar numa calmante canção que me abraçava com ternura.

Um vaga de desejo invadiu-me. Vivemos no segundo andar, as nossas varandas viradas para um parque tranquilo. Uma Quarta-feira à tarde, abri a nossa moderna janela de alumínio e enchi-me de coragem. Saltei para a árvore-do-pagode que ficava a dois metros da varanda. Agarrei o tronco com força e tentei acalmar-me. Então, saltei e fui cair no telhado sob o apartamento de Mi Lan. Bang! Agachei-me logo com medo de ser visto. O telhado ferrugento debaixo dos meus pés abanava. Ao cabo de um momento, levantei-me devagar e perscrutei a varanda e sala dela. Ouvia a água chapinhando na casa de banho. Passei para a sua varanda pela janela que ficara aberta. Com uma perna na janela da varanda, espreita para a casa de banho através da janela interior. A parte superior das costas nuas de Mi Lan e o pescoço delicado emolduravam-se na janela. Mas não conseguia ver-lhe a parte inferior do corpo, que parecia estar contido numa parede dupla de mosaicos visto através das janelas fechadas. Engoli profundamente, convocando toda a minha coragem, e, com uma vassoura, pesquei uma t-shirt azul clara da vara de cabides. Porém, ao fazê-lo, a vassoura bateu no parapeito da janela com barulho. Felizmente, por causa do som da água, Mi Lan não reparou. Contive a minha respiração, agarrando apertadamente a t-shirt.

Mi Lan secou-se depois do duche e, sem pressas, buscou as suas roupas. Vestiu as suas cuequinhas brancas e foi devagar até ao quarto. Segui-a pé ante pé e detive-me à porta do seu quarto. Pendurou a toalha a secar, de seios nus, e depois enfiou uma camiseta branca rebuscada do armário. De costas para a porta, sentou-se à máquina de costura e começou a trabalhar. No puxador da janela há uma linha de alguns orifícios, parcialmente aberta a janela tinha o orifício central enfiado num pino. Mi Lan trabalhava, de cabeça baixa, sem se preocupar que se mostrava a quem vivia no prédio em frente. A cortina creme da sua janela flutuava na brisa que ia acariciar a face suada de Mi Lan. O sol inundava tudo, descobrindo o seu corpo envolto numa aura sublime.

Caminhei até perto de Mi Lan de mãos no peito. Uma máquina de costura avolumava-se dentro do meu corpo, o seu matraquear cada vez mas rápido e mais ruidoso do que os meus passos. Tentava irromper do meu corpo magro e matraquear em uníssono com a máquina de costura de Mi Lan.

Tut tut tut tut tut tut...os pálidos pés de Mi Lan, operando o pedal, pareciam uma jangada à deriva na água. Conseguia sentir uma frescura a emanar daqueles pés. Pontos adensando-se num pedaço de tecido rosa claro. Com o cabelo caído sobre os magros ombros, Milan fazia girar a polia com o braço direito. O sol tingia-lhe a pele macia de ouro, um ligeiro aroma começara milagrosamente a se evolar enchendo o ar do quarto. A máquina de costura e o seu corpo ligeiramente curvado pareciam fundir-se numa espécie de obra de arte estrangeira coberta por um pedaço de tecido rosa.

Quando estava prestes a lançar-me sobre ela, um gato malhado saltou para a sua mesa de trabalho. Aterrorizado, corri para fora do quarto. Mi Lan descobriu o intruso e gritou. Corri para a varanda, saltei pela janela e, por acidente, escorreguei para o interior de um pequeno lago no parque. Não havia vivalma. Encharcado regressei furtivamente a casa.

Mudei-me e fiquei sobre a cama, apertando a t-shirt azul clara contra o meu peito. A máquina de costura recomeçou…tut tut tut…estava cada vez mais perto e mais ruidosa. O sol da tarde iniciou a sua lenta queda, tornando-se mais e mais esbatido. Um par de tesouras o penetraram e cortaram ao meio. Como uma cantora de outros tempos, a máquina cantava uma velha canção ocidental. Tut tut tut tut tut tut… …o pedal cosia a t-shirt azul clara à minha pele encharcada. Assim, a t-shirt e eu...não, Mi Lan e eu, nos tornámos um só.

Abri os meus olhos. Nascia o dia, a máquina de costura parara de cantar. Dobrei o meu pescoço rígido e descobri que as minhas calças estavam molhadas.

* Texto extraído da brochura do Festival de Cinema Surpresa.

* Conversa pré-sessão com oradora convidados 
  Oradora: Joyce Yang (Membro da Sociedade de Críticos de Cinema de Hong Kong)

A venda de bilhetes começará a 16 de Março (Sáb.) pelas 10 da manhã na bilheteira da CinematecaPaixão, assim como no nosso website oficial. O preço dos bilhetes é de MOP$60. Estudantes a tempo inteiro e cidadãos com 65 anos de idade ou mais beneficiam de 50% de desconto. Cada compra de 10 ou mais bilhetes beneficia de 20% de desconto na bilheteira da CinematecaPaixão.Reserve 4 ou mais bilhetes numa só transacção e receba uma carteira de bilhetes do nosso 2º aniversário. Souvenirs sujeitos a disponibilidade e reservados para os primeiros interessados.