Ontem uma vez mais

/ / macau / /

A realizadora de Macau Emily Chan dá-nos a sua visão das mudanças que ocorreram na sua cidade desde a transferência de soberania em 1999 através de uma história sobre juventude, música e primeiros amores. A história gira em torno de uma incessante e apaixonada busca da música entre os adolescentes, com a sua constante exploração de valores próprios, começando com a adaptação de Winston a uma nova escola no período imediatamente antes da transferência de soberania de Macau em 1999.

Sobre a realizadora

Emily Chan é uma jovem argumentista, realizadora e produtora com um mestrado pela Universidade de Reming, na China. Em 2013, autofinanciou a filmagem da sua primeira coprodução, intitulada Timing. Em 2014 e 2015, ganhou o programa Melhor Filme na Feira Comercial e de Investimento em Produção Cinematográfica Guangdong-Hong Kong-Macau. O seu projecto mais recente foi escolhido no âmbito da Promoção de Projectos Cinematográfico Cavalo Dourado 2018, sendo o primeiro filme de Macau a ser selecionado. Este projecto venceu também o “Programa de Apoio para a Produção de Longas Metragens 2016” no âmbito dos Subsídios às Indústrias Culturais e Criativas de Macau.